Centro Interpretativo dos Capelinhos

Inaugurado em agosto de 2008, este Centro de Interpretação faz-nos recuar até 1957, ano que marcou para sempre a história da vulcanologia mundial, quando a 27 de setembro um novo vulcão nasceu no mar, o vulcão dos Capelinhos.

O Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos (CIVC) tem caráter informativo, didático e científico, dispondo de um conjunto de exposições, com especial destaque para a erupção do Vulcão dos Capelinhos e a formação do arquipélago dos Açores, mas também nos diversos tipos de atividade vulcânica no mundo e a história dos faróis açorianos. Foi nomeado pelo European Museum Forum, para melhor museu da Europa no ano de 2012.

O edifício encontra-se soterrado, de modo a não interferir com a paisagem pré-existente, permitindo desfrutar desta recente paisagem vulcânica originada pela erupção de 1957/58. Para além de um conjunto de exposições, o Centro dispõe de um auditório e de uma exposição temporária de amostras de rochas e minerais. No final da visita, suba ao Farol, onde é possível desfrutar desta paisagem singular.

 

Serviços

  • Visita guiada
  • Guião de Visita Autónoma
  • Circuito de visita em Braille
  • Exposição permanente
  • Exposição Temporária
  • Auditório
  • Projeção de filme/documentário
  • Área infantil
  • Cadeira de Rodas
  • Bilheteira
  • Loja
  • Cafetaria
  • Multibanco/VISA
  • Fraldário
  • WC – mobilidade condicionada
  • Parque de estacionamento

Horários

01 de outubro a 31 de maio

  • Terça a sexta: 10h00 – 17h00 (*)
  • Sábados | domingos | feriados: 14h00 – 17h30 (*)
  • Encerrado: segundas | 1 janeiro | terça Carnaval | domingo Páscoa | 24, 25 e 31 dezembro 

Visitas guiadas: 

  • Terça a sexta: 11h00 | 15h00
  • Sábados | domingos | feriados: 14h30 | 16h00

01 de junho a 30 de setembro

Todos os dias: 10h00 – 18h00 (*)

Visitas guiadas:

11h00 | 13h00 | 15h00 | 16h30

Duração da visita: 60 minutos
Número máximo de pessoas por visita: 30
Recomenda-se a marcação prévia

(*) Última entrada para a Exposição Interpretativa 30 minutos antes do encerramento
A entidade gestora reserva-se ao direito de fechar o estabelecimento, conforme as condições meteorológicas.

Preços

  • Bilhete Completo: 10€
  • Bilhete Família (2 adultos com crianças até 17 anos): 17€
  • Exposição Interpretativa: 6€
  • Exposição Temporária: 3€
  • Filme Estereoscópico: 3€
  • Subida ao Farol: 1€

Descontos

    • Criança (até 12 anos): grátis
    • Júnior (13 a 17 anos): 50%
    • Sénior (+ 65 anos): 50%
    • Cartão Jovem, Interjovem e de Estudante: grátis
    • Bilhete Único Faial
      • Adulto: 15€
      • Família: 25€
      • Júnior: 7,50€
      • Sénior: 7,50€
      • Cartão Jovem, Interjovem e de Estudante: grátis
      • Crianças até aos 12 anos devem apresentar-se acompanhadas.

Contactos

Morada: Farol dos Capelinhos, 9900 Horta
Telf: (+351) 292 200 470
E-mail: pnfaial.vulcaodoscapelinhos@azores.gov.pt

Como Chegar

  • Situado na freguesia do Capelo, a cerca de 25 km do centro da cidade da Horta (cerca de 30 minutos de automóvel).
  • Saindo da cidade da Horta na direção oeste, siga pela Estrada Regional, passando pelas freguesias de Feteira e Castelo Branco.
  • Ao chegar à freguesia do Capelo, continue pela Estrada Regional. Depois de passar a entrada do Parque do Capelo devidamente assinalada (Reserva Florestal Natural do Parque do Capelo) à direita, encontrará um entroncamento onde deve virar à esquerda, seguindo a sinalização de estrada indicando “Vulcão dos Capelinhos”. Após percorrer cerca de 4 km encontrará a estrada de acesso ao Vulcão à esquerda, onde se localiza o Centro.

Coordenadas GPS

  • 38º35’48,791” N | 28°49’36,169” O

Fonte: Governo Regional dos Açores

Açores, as ilhas de atividades ao ar livre

Trilhos Nos Açores existem dezenas de trilhos certificados, em todas as ilhas e de diferentes tipos. Desde os circulares fáceis de realizar até à desafiadora escalada do Pico, a montanha mais alta de Portugal (2.351m). Existem também os trilhos de elevada dificuldade e as grandes rotas. A mais significativa e completa poderá ser encontrada na ilha de Santa Maria. Canyoning …

Continuar a ler  

Açores, um destino fantástico (e sustentável)

E não se pense que a concorrência era fraca. Os Açores ficaram à frente de muitos destinos turísticos respeitáveis e famosos. Koh Tao na Tailândia, Capri em Itália, Bali na Indonésia, Ibiza em Espanha, Córsega na França e Santorini na Grécia são alguns nomes de peso que ficaram atrás do arquipélago açoriano. O Big 7 Travel não poupa elogios aos Açores. As …

Continuar a ler  

São Jorge, a ilha das fajãs

 Esta ilha com 54 quilómetros de comprimento e 6,9 quilómetros de largura máxima está integrada no Grupo Central e é um dos vértices das chamadas “ilhas do triângulo”, em conjunto com o Faial e o Pico, do qual dista 18,5 km.     Paisagisticamente salta à vista o contraste da cordilheira central que atravessa a ilha em quase todo o comprimento, com a escarpada e …

Continuar a ler  

Açores com certificação de prata da Earthcheck

Segundo Marta Guerreiro, secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo, “somos o primeiro e único arquipélago do mundo com esta certificação, somos a única região de Portugal com esta certificação, estamos na linha da frente”. Os Açores obtiveram a exclusiva certificação da GSTC (ainda só aplicada em oito países e 13 regiões a nível mundial) após um processo de auditorias …

Continuar a ler  

Uma perspetiva de Santa Maria

Não é possível falar da ilha de Santa Maria das últimas décadas sem falarmos do aeroporto. Tendo a 2º maior pista dos Açores (a primeira situa-se na base das Lajes, ilha Terceira), Santa Maria teve um papel de grande relevo na II Guerra Mundial. No entanto, com o fim da guerra e com o aumento da autonomia dos aviões, a …

Continuar a ler