Porto Afonso

O Porto Afonso, primitivamente designado como Afonso do Porto, é um porto de pesca situado na ilha Graciosa. O nome de Afonso do Porto, provirá segundo os historiadores do facto de as terras queimadas onde o porto se encontra terem sido, nos inícios do povoamento da ilha, de alguém com esse nome.

Apresenta-se como um local de espantoso aparato geológico com arribas altas e calcinadas pela fúria dos vulcões onde as diferentes camadas geológicas construtivas das ilha podem ser apreciadas no seu esplendor, fazendo saltar à vista tons que vão desde o cinza da rocha ao vermelho das escórias de bagacina.

Fonte: wikipedia.org

Azores Rallye pronto para o arranque!

A prova de qualificação volta a disputar-se no habitual troço de Remédios por mais um ano e o rally em si, torna a ter o seu início no mesmo dia com três especiais. Após alguns anos ausente do figurino, o troço de Coroa da Mata volta a integrar o itinerário, embora, numa versão ligeiramente mais longa com 11.10km, seguindo-se um novo …

Continuar a ler  

O Dia dos Amigos

Um amigo convida outro amigo, que traz mais um e outro ainda. Um grupo junta-se a outro e por vezes os grupos ficam tão alargados que se juntam pessoas que nem se conhecem. Jantam, bebem, divertem-se. Os restaurantes, bares de strip e discotecas enchem-se de homens que aproveitam para, nesse dia, matar saudades de amigos – ou mesmo fortalecer laços de …

Continuar a ler  

Açores: destino a visitar em 2019, para o New York Times

E, como seria de esperar, numa lista tão grande, há de tudo: praia, natureza, cidade, cultura. Porto Rico, a ilha caribenha, com o estatuto de território não incorporado dos Estados Unidos, surge como a primeira sugestão. A renascer, um ano e meio após a passagem do devastador furacão Maria, a ilha volta a ser um local bem próximo do estereótipo …

Continuar a ler  

Vive ou vai visitar os Açores? PROCIV!

O primeiro contacto que a Destinazores teve com esta aplicação aconteceu durante uma visita a um hospital. Num placard, estava um pequeno flyer a anunciar de forma tímida uma aplicação da Proteção Civil: a PROCIV. Daí para a frente sucederam-se alguma surpresas. A  primeira foi logo na loja da Google, onde a PROCIV registava um número muito baixo de instalações …

Continuar a ler