Madalena

Entre o verde de uma natureza pródiga e o azul do Atlântico, a Madalena é um concelho dinâmico e o mais populoso da Ilha do Pico, elevando-se do mar em beleza petrificada, merecendo a distinção de uma das Sete Maravilhas de Portugal.


A Madalena, pela sua posição geográfica frente ao Faial e à cidade da Horta, distando desta cerca de 7,5 Km, é o eixo principal das comunicações da ilha, posição que a torna uma privilegiada porta de entrada para apreciar tudo o que se oferece a quem nos visita.
Verdadeiros “ex-libris”, fronteiros à vila, estão os curiosos ilhéus Deitado e em Pé, onde nidificam aves marinhas. Estes apresentam-se fortemente degradados pela acção erosiva marinha, constituindo os resquícios de um cone vulcânico associado a erupções submarinas.


Dadas as suas características geológicas e a natureza vulcânica dos seus solos, a economia deste concelho assenta essencialmente na agricultura, na pecuária e na pesca. No entanto, perante os novos desafios impostos pela sociedade moderna, outras actividades se desenvolveram, contribuindo fortemente para a economia do concelho da Madalena, designadamente nas áreas do comércio, turismo e serviços.


A base da sua agricultura é composta por campos de frutos e de vinhas, sem paralelo noutras regiões do país e do mundo. O conjunto de “currais” e “canadas” em que são divididos os terrenos de cultivo da vinha é uma organização no espaço feita através de um retículo de muros negros, integrando protecções paralelas de paredes singelas ou dobradas em pedra, e constituindo particular e peculiar paisagem, considerada, em meados de 2004, “Património da Humanidade” pela UNESCO.

Fonte: Câmara Municipal da Madalena

Informação

SABER MAIS  

Diretório

O Dia dos Amigos é hoje

Um amigo convida outro amigo, que traz mais um e outro ainda. Um grupo junta-se a outro e por vezes os grupos ficam tão alargados que se juntam pessoas que nem se conhecem. Jantam, bebem, divertem-se. Os restaurantes, bares de strip e discotecas enchem-se de homens que aproveitam para, nesse dia, matar saudades de amigos – ou mesmo fortalecer laços de …

Continuar a ler  

Açores: destino a visitar em 2019, para o New York Times

E, como seria de esperar, numa lista tão grande, há de tudo: praia, natureza, cidade, cultura. Porto Rico, a ilha caribenha, com o estatuto de território não incorporado dos Estados Unidos, surge como a primeira sugestão. A renascer, um ano e meio após a passagem do devastador furacão Maria, a ilha volta a ser um local bem próximo do estereótipo …

Continuar a ler  

Vive ou vai visitar os Açores? PROCIV!

O primeiro contacto que a Destinazores teve com esta aplicação aconteceu durante uma visita a um hospital. Num placard, estava um pequeno flyer a anunciar de forma tímida uma aplicação da Proteção Civil: a PROCIV. Daí para a frente sucederam-se alguma surpresas. A  primeira foi logo na loja da Google, onde a PROCIV registava um número muito baixo de instalações …

Continuar a ler  

A cultura nos Açores

A par dos flamengos, muitos outros habitantes estabeleceram-se nas ilhas a partir de Portugal Continental, trazendo consigo os seus modos de vida e a sua cultura, incluindo a língua portuguesa. Atualmente fala-se o português em todo o arquipélago, com sotaques muito ricos e peculiares, que variam de ilha para ilha.   Elementos góticos do período inicial da colonização aparecem em …

Continuar a ler  

9 Maravilhas no Atlântico

Ainda hoje, os Açores honram a tradição desses homens, recebendo cruzeiros turísticos e equipas de expedição científica e sendo um importante ponto de paragem para os viajantes no Atlântico.    A beleza natural é encontrada em todo o arquipélago dos Açores. Todas as ilhas têm origem vulcânica e o viajante pode desfrutar das lagoas, das montanhas, dos vulcões ativos e …

Continuar a ler