Montanha do Pico

A Montanha do Pico com 2 351 m de altitude, é a montanha mais alta de Portugal. No cimo da montanha, localiza-se a cratera do vulcão e dentro desta, existe outra elevação denominada Pico Pequeno ou Piquinho, com cerca de 70 metros de altura. O Piquinho encontra-se vulcanicamente ativo na sua base, de onde emanam diversas fumarolas.

 

Subir à montanha do Pico é uma experiência extraordinária para quem estiver apto fisicamente. A montanha é escalável recorrendo aos serviços de um guia certificado e tendo atenção a algumas normas em vigor.

Antes de iniciar a subida, pare na Casa da Montanha. Trata-se de um ponto de paragem obrigatória para efetuar o seu registo e receber todo o apoio antes da escalada. Para além das formalidades, a Casa da Montanha disponibiliza informações sobre a geologia, biologia, história, clima e enquadramento legal da Reserva Natural da Montanha do Pico.

A Montanha do Pico é Reserva Natural, pelo que se aconselha a consulta das normas de conduta antes de desfrutar da experiência.  Clique aqui para mais informação sobre a Montanha do Pico.

Rabo de Peixe, origens e tradições

O segundo dia da atividade, no dia 20 de setembro a partir das 9h30, será dedicado a “Rabo de Peixe, origens e costumes” através de um passeio guiado pela zona costeira da vila com o intuito de dar a conhecer e valorizar a riqueza cultural e tradições existentes.

Continuar a ler  

Os golfinhos voam nos Açores

Este podia ser o começo de uma descrição da imagem deste artigo. Nesta, o fotógrafo convida o observador a imaginar de onde vem o golfinho: trata-se de um salto a partir da água ou estava a voar tranquilamente antes de um voo a pique sobre o Atlântico? Seja o que for que o leitor imagine, a semelhança com uma gaivota …

Continuar a ler  

Andreia Costa: alternativas para dias de mau tempo

Andreia Costa, residente em São Miguel, tem uma ideia muito clara sobre o que descobrir na ilha, para além das paisagens e lagoas deslumbrantes. Segundo a autora de um roteiro alternativo para São Miguel, a ilha encerra sítios muitas vezes desconhecidos que são locais de grande interesse.   As condições climáticas não devem ser um obstáculo, mas sim, uma mais …

Continuar a ler  

O Corvo está de parabéns

Com uma área total de 17,2 Km ² e cerca de 430 habitantes, o Corvo é a mais pequena e a menos populosa ilha do arquipélago dos Açores. Terá sido descoberta com a das Flores em 1452 por Diogo de Teive, aquando do regresso da sua segunda viagem de exploração à Terra Nova. O seu povoamento não foi fácil, tendo …

Continuar a ler  

Da emigração com amor (e humor)

Nos Estados Unidos da América, estima-se que existam 1,5 milhões de emigrantes portugueses de origem açoriana, tendo os naturais do arquipélago ficado concentrados predominantemente em estados como Massachusetts e Rhoad Island, na costa leste, e na Califórnia, na costa do Pacífico, de forma mais intensa na década de 60 do século XX, sendo hoje a emigração residual. Fonte: Açoriano Oriental …

Continuar a ler  

Covid-19 – Solidariedade na ilha Terceira

Inspirado nalgumas iniciativas semelhantes, o proprietário do alojamento local O Refúgio em Angra do Heroísmo, André Brasil, decidiu avançar e colocou ao dispor dos profissionais de saúde um alojamento que tanto necessitam, de forma gratuita. Segundo André Brasil “é com muito prazer que O Refúgio se junta a esta fantástica iniciativa, demonstrando o devido apreço pelos nossos profissionais de saúde …

Continuar a ler