Pinhal da Paz

Provavelmente a mata original de pinheiros bravos, da qual restam poucos vestígios, e a Ermida da Senhora da Paz estarão na origem do nome desta Reserva; no entanto, a azálea terá sido uma das espécies ornamentais que a tornou mais conhecida, pois são inúmeros os visitantes que procuram o colorido destas flores, homenageadas todos os anos, na Primavera, pelo Festival das Azáleas, com a música e as danças do nosso folclore.

Com uma área de 50 hectares o Pinhal da Paz proporciona, para além dos inúmeros espaços de lazer, uma forte componente de educação ambiental, nomeadamente pelas suas colecções temáticas de camélias, fetos, palmeiras e cactos que possuem um grande interesse botânico e valor pedagógico. A sua proximidade aos centros urbanos de Ponta Delgada, Ribeira Grande e Lagoa fazem desta Reserva Florestal de Recreio um dos espaços verdes mais frequentados e emblemáticos dos Açores.
 
Todo o parque é mantido por vigilantes sempre disponíveis para o vasto público que visita o parque.A Destinazores agradece a todos eles e em especial Sr Marco Sousa pela ajuda e amabilidade prestada durante a nossa visita.
 

Açores: destino a visitar em 2019, para o New York Times

E, como seria de esperar, numa lista tão grande, há de tudo: praia, natureza, cidade, cultura. Porto Rico, a ilha caribenha, com o estatuto de território não incorporado dos Estados Unidos, surge como a primeira sugestão. A renascer, um ano e meio após a passagem do devastador furacão Maria, a ilha volta a ser um local bem próximo do estereótipo …

Continuar a ler  

Vive ou vai visitar os Açores? PROCIV!

O primeiro contacto que a Destinazores teve com esta aplicação aconteceu durante uma visita a um hospital. Num placard, estava um pequeno flyer a anunciar de forma tímida uma aplicação da Proteção Civil: a PROCIV. Daí para a frente sucederam-se alguma surpresas. A  primeira foi logo na loja da Google, onde a PROCIV registava um número muito baixo de instalações …

Continuar a ler  

A cultura nos Açores

A par dos flamengos, muitos outros habitantes estabeleceram-se nas ilhas a partir de Portugal Continental, trazendo consigo os seus modos de vida e a sua cultura, incluindo a língua portuguesa. Atualmente fala-se o português em todo o arquipélago, com sotaques muito ricos e peculiares, que variam de ilha para ilha.   Elementos góticos do período inicial da colonização aparecem em …

Continuar a ler  

9 Maravilhas no Atlântico

Ainda hoje, os Açores honram a tradição desses homens, recebendo cruzeiros turísticos e equipas de expedição científica e sendo um importante ponto de paragem para os viajantes no Atlântico.    A beleza natural é encontrada em todo o arquipélago dos Açores. Todas as ilhas têm origem vulcânica e o viajante pode desfrutar das lagoas, das montanhas, dos vulcões ativos e …

Continuar a ler  

A bruma especial de São Miguel

Escondido do mundo, algures entre a Europa e a América, São Miguel tem muito menos turistas do que Portugal continental e a maior parte dos destinos turísticos. O visitante encontrará paisagens deslumbrantes, comida fantástica e pessoas amigáveis. Tudo em ponto pequeno! São Miguel é coberto com tons de verde durante todo o ano. Cravejado de enormes crateras e fontes termais …

Continuar a ler  

Açores intocados!!

O Atlântico ao redor mergulha a profundidades de milhares de metros, mas os lavradores trabalham pastos verdes que não são cercados por cercas, mas por fileiras de azáleas e hortênsias. As brisas subtropicais são tão calmas e perfumadas como quando Cristóvão Colombo parou depois da sua viagem inaugural para a América. Sem falar do boato que anda por aí: estas …

Continuar a ler