Jardim do Palácio de Sant'Ana

Tanto o jardim como o palácio datam do século XIX, famoso ciclo de ouro para a economia dos Açores, graças à cultura e exportação da laranja para a Grã-Bretanha.

No jardim, distinguem-se várias espécies botânicas exóticas, sobressaindo, entre elas, uma “Árvore de Natal da Nova Zelândia” – metrosiderus excelsa – que mais parece uma mini floresta virgem, tal é a sua volumetria, o emaranhado dos seus ramos e a profusão de suas raízes aéreas.

No Palácio, hoje Presidência do Governo, cuja planta foi encomendada em Paris, é de realçar a beleza da sua fachada e a riqueza da obra de talha do mobiliário da respectiva sala de jantar. De salientar é também a colecção de telas sobre a visita régia de 1901, do pintor lisbonense Ernesto Ferreira Condeixa.

Este conjunto – Palácio e Jardim – foi adquirido à Marquesa de Jácome Correia pelo Governo Regional dos Açores, em 1977, pela simbólica importância de 16000 contos.

Fonte: Junta de Freguesia de São Sebastião

Lagoa do Fogo em destaque na Europa

Segundo o portal Sapo Viagens, a Lagoa do Fogo foi eleita pela European Best Destination como uma das 18 mais belas paisagens da Europa. Segundo o referido portal, “Por toda a Europa existem paisagens de cortar a respiração. Desde paisagens intocadas a aldeias encantadoras junto ao lago, passando por florestas coloridas e ilhas tranquilas, na Europa existe um pouco de …

Continuar a ler  

Consegue cheirar as imagens?

A foto de cima foi tirada onde se confeciona o famoso cozido das Furnas. A atividade vulcânica é intensa e toda a zona tem um cheiro forte e único. Uma família passeia por um local de difícil acesso. Trata-se da margem da Lagoa do Fogo, onde o cheiro da água doce misturado com a humidade permitem cheirar esta foto sem …

Continuar a ler  

Mãe, sem mãos!

Nos Açores é possível fazer viagens de barco durante todo o ano para ver baleias e golfinhos em São Miguel. E de abril a outubro também fazemos observação de cetáceos na ilha do Pico. Os Açores são considerados um dos melhores destinos para ver baleias e golfinhos por várias razões. Entre elas, a sua localização. Os Açores estão geograficamente bem …

Continuar a ler  

Açores no top 20 da Forbes

Cecilia Rodrigues, jornalista, viajante e escritora, estabeleceu critérios apertados para a escolha dos melhores destinos para viver. Os critérios foram a presença de uma escola internacional, qualidade de vida, sistema de saúde, ligação à internet, proximidade de aeroportos com voos internacionais, custo de vida, comunidade de expatriados e baixo índice de criminalidade. Descobrimos os destinos mais amigos dos americanos na …

Continuar a ler