Nas Furnas encontra uma diversidade fantástica de atividades vulcânicas e flora e águas termais. Situada no centro de uma caldeira de grandes dimensões, o visitante pode desfrutar dos seus trilhos, jardins e natureza circundante, culminando a experiência no famoso Cozido das Furnas.

As Furnas são muito conhecidas pelas suas águas termais, nomeadamente as caldeiras, a Poça da Beija e piscinas térmicas. Para além disso as Furnas são conhecidas pelo Hotel Terra Nostra constituído por uma piscina natural de águas termais e um magnifico jardim botânico, o Parque Terra Nostra e ainda também se pode visitar o parque natural onde se encontra alguns animais e algumas espécies de plantas. Também é nas Furnas que se encontra uma lagoa, a Lagoa das Furnas.

São também tradicionais das Furnas, os bolos lêvedos e o curioso cozido onde os ingredientes são cozinhados debaixo da terra sob o calor dos vulcões (a carne demora cerca de 5 a 6 horas e o bacalhau cerca de 3 a 4 horas). Este facto faz salientar um requintado sabor.

Fonte: wikipedia.org

Locais em Furnas

SABER MAIS  

Diretório

Rabo de Peixe, origens e tradições

O segundo dia da atividade, no dia 20 de setembro a partir das 9h30, será dedicado a “Rabo de Peixe, origens e costumes” através de um passeio guiado pela zona costeira da vila com o intuito de dar a conhecer e valorizar a riqueza cultural e tradições existentes.

Continuar a ler  

Os golfinhos voam nos Açores

Este podia ser o começo de uma descrição da imagem deste artigo. Nesta, o fotógrafo convida o observador a imaginar de onde vem o golfinho: trata-se de um salto a partir da água ou estava a voar tranquilamente antes de um voo a pique sobre o Atlântico? Seja o que for que o leitor imagine, a semelhança com uma gaivota …

Continuar a ler  

Andreia Costa: alternativas para dias de mau tempo

Andreia Costa, residente em São Miguel, tem uma ideia muito clara sobre o que descobrir na ilha, para além das paisagens e lagoas deslumbrantes. Segundo a autora de um roteiro alternativo para São Miguel, a ilha encerra sítios muitas vezes desconhecidos que são locais de grande interesse.   As condições climáticas não devem ser um obstáculo, mas sim, uma mais …

Continuar a ler  

O Corvo está de parabéns

Com uma área total de 17,2 Km ² e cerca de 430 habitantes, o Corvo é a mais pequena e a menos populosa ilha do arquipélago dos Açores. Terá sido descoberta com a das Flores em 1452 por Diogo de Teive, aquando do regresso da sua segunda viagem de exploração à Terra Nova. O seu povoamento não foi fácil, tendo …

Continuar a ler  

Da emigração com amor (e humor)

Nos Estados Unidos da América, estima-se que existam 1,5 milhões de emigrantes portugueses de origem açoriana, tendo os naturais do arquipélago ficado concentrados predominantemente em estados como Massachusetts e Rhoad Island, na costa leste, e na Califórnia, na costa do Pacífico, de forma mais intensa na década de 60 do século XX, sendo hoje a emigração residual. Fonte: Açoriano Oriental …

Continuar a ler