Mergulho com… tubarões!!!

Se a nível mundial a estrela dos tubarões é o Grande Branco, nos Açores essa coroa é dada ao tubarão azul. Este tubarão, também conhecido como tintureira, habita os mares dos Açores e tem vindo a ganhar destaque entre a comunidade de turistas/aventureiros corajosos. Conhecidos pelas suas grandes ninhadas e por representarem um baixo risco de ameaça para os seres humanos (*), estes tubarões são extremamente curiosos e nadam frequentemente entre equipas de mergulhadores.

O tubarão azul está ameaçado sobretudo pela pesca comercial. Para além das capturas acidentais, é sobretudo desta espécie que são recolhidas as barbatanas para venda no mercado asiático (utilizadas nas sopas de barbatanas de tubarão). Nos Açores, em especial nas ilhas do Pico e do Faial, descobriu-se que a observação desta espécie no seu habitat é bem mais rentável que a sua captura.

Na foto, pode observar-se um Grande tubarão Branco, espécie que também habita os mares dos Açores.

(*) Nadar com tubarões é uma atividade perigosa! Embora mostrem uma aparência “lenta”, os tubarões azuis (e a maioria destas espécies) são extremamente rápidas. Estão no seu habitat natural e são predadores de topo, pelo que esta atividade deverá ocorrer sob supervisão profissional.